Você tem ou já teve um blog?

0
29
Você tem, ou já teve um blog?
Spread the love


Há alguns anos, era comum as pessoas terem um blog. Porém, sua finalidade era diferente do que seria nos dias de hoje. Usávamos os blogs como espécie de diário, registrávamos praticamente tudo que acontecia, coisas pessoais mesmo: a balada com as amigas, o atual ou ex que vivia pisando na bola – e que quase sempre perdoávamos, e o ciclo se repetia, OMG! – as histórias do dia-a-dia, as músicas do momentos, etc. 

Blog virou trabalho

Hoje, o blog perdeu essa função, tendo se tornado algo profissional, o que talvez tenha perdido um pouco a “graça” para muita gente. Agora, quem tem blog, é porque trabalha ou pretende trabalhar com isso, não só pequenas e grandes empresas, como também pessoas que já tenham ou busquem uma autoridade no mundo virtual, fazendo disso um trabalho, como digital influencers e outros. 

Por outro lado, de uns anos pra cá os blogs parecem ter diminuído bastante, já que a maioria aposta mais nas redes sociais. O que não podemos esquecer é que, por mais importantes que sejam, elas não são a “nossa casa”. Estamos em território alheio, e por mais liberdade que se pareça ter ali, qualquer deslize pode ser o fim de tudo. O Instagram mesmo, a toda hora muda regras, e quando a gente pensa que entendeu tudo, ele vai lá e muda de novo, e ainda pune por qualquer coisa.  Além disso, elas podem também não ser eternas, lembram do falecido Orkut

Não dá pra apostar todas as fichas só nas redes sociais, e não ter uma plataforma que seja nossa, com a nossa identidade. Se algum dia as redes acabarem, o blog estará lá, com tudo que já fizemos. Sem falar que ele tem toda a sua importância: gera credibilidade, profissionalismo, facilita a vida das pessoas,pode ser gerenciado facilmente, e abre um leque de possibilidades.

Então, resolvi e estou reinventando meu blog, para retomar suas atividades. O antigo, embora tenha feito vários trabalhos bacanas (que serão mantidos aqui no novo), já não era mais tão “a minha cara”, sabe? Senti que precisava mudar, antes de trazê-lo de volta. Ainda faltam mexer em algumas coisinhas, mas o que importa é que já estamos por aqui novamente.

Os blogs não podem morrer!

Foto: @julianaamorimfotografia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui